Crueldade do dia

30 de jul de 2009

Revolta contra gripe suína ...

Pra embalar a tardinha

Palavras da Ophra

29 de jul de 2009

Ouça o que Oprah Winfrey tem a dizer sobre os homens.


"Se um homem quer você, nada pode mantê-lo longe.Se ele não te quer, nada pode faze-lo ficar.
Pare de dar desculpas (de arranjar justificativas) para um homem e seu comportamento.

Permita que sua intuição (ou espírito) te proteja das mágoas.

Para de tentar se modificar para uma relação que não tem que acontecer.

Mais devagar é melhor. Nunca dedique sua vida a um homem antes que você encontre o que realmente te faz feliz.

Se uma relação terminar porque o homem não te tratou como você merecia, "mande-o pro inferno, esquece!", vocês não podem "ser amigos". Um amigo não destrataria outro amigo.
Não conserte.

Se você sente que ele está te enrolando, provavelmente é porque ele está mesmo. Não continue (a relação) porque você acha que "ela vai melhorar"
Você vai se chatear daqui um ano por continuar a relação quando as coisas ainda não estiverem melhores.

A única pessoa que você pode controlar em uma relação é você mesma.

Evite homens que têm um monte de filhos, e de um monte de mulheres diferentes. Ele não casou com elas quando elas ficaram grávidas, então, porque ele te trataria diferente?

Sempre tenha seu próprio círculo de amizade, separadamente do dele.

Coloque limites no modo como um homem te trata. Se algo te irritar, faça um escândalo.

Nunca deixe um homem saber de tudo. Mais tarde ele usará isso contra você.

Você não pode mudar o comportamento de um homem. A mudança vem de dentro.

Nunca o deixe sentir que ele é mais importante que você... mesmo se ele tiver um maior grau de escolaridade ou um emprego melhor.
Não o torne um semi-deus. Ele é um homem, nada além ou aquém disso.

Nunca deixe um homem definir quem você é.
Nunca pegue o homem de alguém emprestado.Se ele traiu alguém com você, ele te trairá.
Um homem vai te tratar do jeito que você permita que ele te trate.

Todos os homens NÃO são cachorros.

Você não deve ser a única a fazer tudo... compromisso é uma via de mão dupla.
Você precisa de tempo para se cuidar entre as relações. não há nada precioso quanto viajar, veja as suas questões antes de um novo relacionamento.

Você nunca deve olhar para alguém sentindo que a pessoa irá te completar... uma relação consiste de dois indivíduos completos.. procure alguém que irá te complementar.. não suplementar.
Namorar é bacana. mesmo se ele não for o esperado Sr. Correto.

Faça-o sentir falta de você algumas vezes... quando um homem sempre sabe que você está lá, e que você está sempre disponível para ele - ele se acha...

Nunca se mude para a casa da mãe dele.
Nunca seja cúmplice (co-assine) de um homem.
Não se comprometa completamente com um homem que não te dá tudo o que você precisa. Mantenha-o em seu radar, mas conheça outros...

Compartilhe isso com outras mulheres e homens (de modo que eles saibam) você fará alguém sorrir, outros repensarem sobre as escolhas, e outras mulheres se prepararem.

Dizem que se gasta um minuto para encontrar alguém especial, uma hora para apreciar esse alguém, um dia para amá-lo e uma vida inteira para esquecê-lo.
O medo de ficar sozinha faz que várias mulheres permaneçam em relações que são abusivas e lesivas.

Você deve saber que você é a melhor coisa que pode acontecer para alguém e se um homem te destrata, é ele que vai perder uma coisa boa.

Se ele ficou atraído por você à primeira vista, saiba que ele não foi o único. Todos eles estão te olhando, então você tem várias opções.

Faça a escolha certa.

Ladies, cuidem bem de seus corações...

Quem olha para fora sonha. Quem olha para dentro desperta
Carl G. Jung"

Ói quichique.

28 de jul de 2009



Como gosto muito disso, resolvi fazer um cursinho (básico) pra pelos menos entender melhor do riscado ...e é di grátis.
Clique na figura para acessar.


Pra constar

27 de jul de 2009

Quero deixar bem claro que hj não estou boa de conversa.

Não, eu não estou de mau humor, pelo contrário, até que tô bem alegrinha.
O drama que me aflige hoje chama-se DOR DE DENTE. Existe um ciso muito do grande fazendo um estrago maior ainda na minha boca.

Dr Luis henrique que me aguarde ...


FDS


Ô final de semana mais ou menos !!

Até não dá pra reclamar vai ...tava uma chuvinha chata e gostosa o mesmo tempo pq tudo que ela me permitia era ficar encasulada com o môr e o filhote e a tripa mais conhecida no pedaço (no momento): Edredon + pipoca + filminho.





Ambrosia

23 de jul de 2009

Ingredientes:

1 litro de leite integral (se tiver como conseguir leite não industrializado, direto da vaca é bem melhor)
750 gr. de açucar
8 ovos
1 colher de vinagre
10 cravos
1 pau de canela (2 se for pequeno)

1) Bater bem os ovos, acrescentar o açucar e mexer bem.
2) Juntar o leite, o vinagre, o cravo e a canela. Levar ao fogo baixo e deixar cozinhar lentamente, mexendo de vez enquando para não grudar no fundo da panela. Quando a calda da ambrosia estiver engrossando desligue o fogo.

Conseguiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii aqui !!!
Pra quem não entende, estou anosssssssssssss tentando achar a receita disso.

"A comilança"

Nada mais bonito do que uma mulher que come bem, com gosto, paladar nas alturas, lindamente derramada sobre um prato de comida, comida com sustança. Os olhinhos brilham, a prosa desliza entre a língua, os dentes, sonhos, o céu da boca. Ela toma uma caipirinha, a gente desce mais uma, sábado à tarde, nossa doce vida, nossos planos, mesmo na velha medida do possível.


Pior é que não é mais tão fácil assim encontrar esse tipo de criatura. Como ficou chato esse mundo em que a maioria das mulheres não come mais com gosto, talher firme entre os dedos finos, mãos feitas sob medida para um banquete nada platônico. Época chata essa. As mulheres não comem mais, ou, no mínimo, dão um trabalho desgraçado para engolir, na nossa companhia, alguma folhinha pálida de alface. E haja rúcula! A gente não sabe mais o que vem a ser o prazer de observar a amada degustando, quase de forma desesperada, uma massa, um cuscuz marroquino/nordestino, um cabrito, um ossobuco, um barreado, um bife à milanesa, um torresmo decente, uma costela no bafo. Foi embora aquela felicidade demonstrada por Clark Gable no filme ''Os Desajustados'', quando ele observa, morto de feliz, Marilyn Monroe devorando um prato. E elogia a atitude da moça, loa bem merecida. Além do prazer de vê-las comendo, pesquisas recentes mostram que as mulheres com taxas baixíssimas de colesterol costumam ser mais nervosas, dão mais trabalho em casa ou na rua, barraco à vista, dê-erres sem fim... Nada mais oportuno para convencê-las a voltar a comer, reiniciá-las nesse crime perfeito.


Às fogazzas, aos pastéis, aos cabritos assados e cozidos, ao sanduíche de mortadela, ao lombo, de lamber os lábios, ao chambaril, ao churrasco de domingo para orgulho do cunhado, que capricha na carne e sabe a arte de gelar uma cerva de primeira. E aquela fava, meu Deus, com charque, enquanto derrete a manteiga de garrafa, último tango do agreste...


O importante é reabrir o apetite das moças, pois, repito, senhoras e senhores, homem que é homem não sabe sequer - nem procura saber - a diferença entre estria e celulite.

Xico Sá, do site carapuceiro.zip.net
Isso é que é opinião!!!! Dizer mais o que ??

Advice For The Young At Heart

Aviso ao jovem de coração. Logo estaremos mais velhos.

Quando faremos acontecer...

Pra quem não lembra, é Tear For Fears. Desde 1989 (faz tempo hein !!!) que escuto essa música e ela faz cada vez mais sentido.

Think

Amigo é isso aí !!

22 de jul de 2009

video

Bj Sarah.

Recebido por e-mail ontem (Vanderson A. Locena)

21 de jul de 2009

As vezes os agrados vem de onde menos esperamos.

Segunda-feira

20 de jul de 2009


Esperando

17 de jul de 2009


Quase ...... quase..



...falta só um pouquinho...

...hora de ir embora !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Fui. Bj

Fotinhas emprestadas daqui

Eu quero um japonês.


Meu maridinho que me perdoe mas é a pura verdade!! Tô querendo um japonês.

Não que eu esteja in love por algum oriental, não ... é que minhas costas doem tanto que só um japonês resolve o "pobrema".

Já tentei de tudo; mudança de posição pra dormir, mudança de lado de colchão, mudança de remédio pra aliviar a dor mas nada ... NADA resolve. Então cheguei a simples conclusão que só um massagista, e nehum é melhor que o japonês (as outras nacionalidades que me desculpem), pra destravar minha pobre carcacinha.

PS: Enquanto não consigo a massagem, vou me acabando no chocolate mesmo. Pelo menos alivia os "nelvo".

Isso ...

16 de jul de 2009

...era tudo que eu queria agora !!

Música

We can be Heroes, just for one day.

Letra

Cloudy

15 de jul de 2009

Simon & Garfunkel

... que me levou pro lado de fora do prédio ...

Pra descontrair um pouco !!

Pra testar o caráter de um novo empregado, o dono da empresa mandoucolocar 500 reais a mais no salário dele. Passam os dias, e o funcionário não relata nada.
Chegando no outro mês, o dono faz o inverso: manda tirar 500 reais.
No mesmo dia, o funcionário entra na sala pra falar com ele: - Doutor, acho que houve um engano e me tiraram $ 500 reais do salário.
- É? Curioso que no mês passado eu coloquei $ 500 a mais e você nãofalou nada.
- É que um erro eu tolero, doutor, mas DOIS, eu acho um absurdo !!!

TUDO NA VIDA É RELATIVO!!!

Sem comentários

Noite passada saímos, e quando voltamos cadê o Marquinho ????
Passamos a noite preocupados porque ele é um gato de família, não tá acostumado a passar a noite na rua...
Hoje de manhã ele voltou com a maior cara lavada do mundo, foi pro prato de ração, comeu e em seguida se jogou na cama.
Que beleza né Marquinho !!!!!!

Revolução!!?

Quem disse que eu quero direitos iguais ??? Quero ser tratada com respeito e carinho sim, mas quem falou que eu quero dividir as despesas e a responsabilidade ? Quero não!

Só porque meia dúzias de mal amadas andaram queimando uns sutiens em praça pública, agora eu tenho que pagar o pato.

Fico imaginando o que essas "doidas" iam queimar se tivessem uma vida como a das mulheres de hoje: Levanta cedo, arruma a criançada pra escola, enfrenta o trânsito (e todo preconceito que tem nele), trabalha o dia todo e a noite quando teoricamente acabou, ainda tem a organização da casa e um marido (e mais um pouco de criançada) carente e exigente pra atender !!

Então, que fizessem o movimento coreto: direitos e deveres iguais.
Onde é a fogueira ???

Que delicia de rotina

13 de jul de 2009

...cama - sono - cozinha - geladeira - cama...


Essa aí acima foi minha rotina de feriado prolongado aqui em SP (estado, eu moro no inteRioR !!) mas voltando ... o ciclo vicioso não terminava nunca e confesso que nesta segunda a coisa tá punk !
Só quero voltar pro circulo ... ou melhor, pra minha cama.

Mulheres Possíveis

10 de jul de 2009

'Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer. A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe, filha e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado, decido o cardápio das refeições, cuido dos filhos, marido (se tiver), telefono sempre para minha mãe, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e-mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos e ainda faço as unhas e depilação!


E, entre uma coisa e outra, leio livros.


Portanto, sou ocupada, mas não uma workholic.


Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres.


Primeiro: a dizer NÃO.


Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO. Culpa por nada, aliás


Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero. Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.


Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros.


Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.


Você não é Nossa Senhora.


Você é, humildemente, uma mulher.


E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável. É ter tempo.


Tempo para fazer nada.


Tempo para fazer tudo..


Tempo para dançar sozinha na sala.


Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.


Tempo para sumir dois dias com seu amor.


Três dias.


Cinco dias!


Tempo para uma massagem.


Tempo para ver a novela.


Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.


Tempo para fazer um trabalho voluntário.


Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.


Tempo para conhecer outras pessoas.


Voltar a estudar.


Para engravidar.


Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.


Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.


Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.


Existir, a que será que se destina?


Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.


A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada. Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.


Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si.


Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!


Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente.


Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir. Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.


Desacelerar tem um custo. Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C. Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores.


E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante' .


Martha Medeiros - Jornalista e escritora

(Texto na Revista do Jornal O Globo)