Em cima do salto

20 de mai de 2009

A uns dias atrás fui almoçar no shopping com meu pitotoio (traduzindo: filho); as vezes faço isso: banco a mãe legal que dispensa um dia da aula pra curtir uma tarde juntos passeando e rindo das bobagens faladas e claro, vistas no shopping; Enfim, voltando à vaca fria, como sempre entramos na Fnac pra checar os lançamentos e dar uma folheadinha nas revistas e livros ali tão disponíveis pra gente.


Neste dia encontrei esse livrinho aí. Eu gosto muito dessa área de adm, mas creio que a leitura é muito interessante também pro dia-a-dia, porque minha rotina (das amaigas também), pode ser comparada a de circo; trabalho, filho, casa, bicho, família e ainda agregue trânsito, falta de grana e tantas coisas bonitas na vitrine que deixam a gente louca podem ser colocadas numa ordem tal que se consiga não pirar. Pelo menos é o que eu espero ser realidade!


Bom, vou ler ... depois falo mais.