Desabafo.

4 de dez de 2009

Eu tô chateada.
Tô triste com a atitude de algumas pessoas para comigo. Por que as pessoas não percebem os sinais que mandamos? ou será que se fazem de "não perceber"?
Não subestimo a inteligência de ninguém e não gosto que subestimem a minha. Gosto de ser gentil e estou pronta a ajudar qualquer pessoa que esteja a minha volta, seja no que for ...mas não me faça de boba!
Eu vejo sim quando não sou lembrada ou quando sou posta de lado, e nem to falando dos grandes acontecimentos, me refiro ao do dia-a-dia, afinal estes grandes acontecimentos são raros. Não é todo dia que alguém se casa, nasce ou morre (na pior das hipóteses) mas a rotina do dia-a-dia é imposta a todos.
Estou sinceramente cansada.
Como disse uma vez uma amiga ao me descrever: eu não sou fácil, simples sim ...mas não fácil, entretanto se souber conviver comigo pode-se até levar minhas calças, saias, vestidos ou sapatos (que são meus grandes chodós).
Portanto, de agora em diante chega. Não preciso atender a ninguém que não me atenda. Jamais vou partir pra falta de respeito mas minha paciência se esgotou.
Então fica o aviso: aquele que quiser uma pessoa sincera e confiável, estou aberta. Àquele que quiser um capacho: passa amanhã!